JANUÁRIA SERÁ SEDE DA 7ª RODADA REGIONAL DO PATRIMÔNIO CULTURAL DE MINAS GERAIS – Prefeitura de Januária-MG
ADMINISTRAÇÃO CULTURA GERAL 

JANUÁRIA SERÁ SEDE DA 7ª RODADA REGIONAL DO PATRIMÔNIO CULTURAL DE MINAS GERAIS

 

Promovendo ações de governo de incentivo e fortalecimento das boas praticas culturais a Prefeitura de Januária, por meio da secretaria municipal de Turismo, Cultura e Meio Ambiente, estará recebendo na manhã desta quinta-feira (29/06), na Unimontes, a 7ª Rodada Regional do Patrimônio Cultural. “O encontro tem por objetivo de reunir gestores públicos municipais para um amplo debate sobre preservação, proteção, salvaguarda e promoção do patrimônio cultural de Januária e região” ressalta o secretário, Sidney Olímpio.

Aberto ao público e Idealizado pelo  Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais – Iepha-MG -,  jurisdicionado ao Governo de Minas Gerais.

Quatorze cidades mineiras estão recebendo esta edição que, além de Januária representando o Norte de Minas, tem Santana dos Montes (Vertentes), Pompéu (Central), Coronel Fabriciano (Vale do aço), Belo Horizonte (Metropolitana), João Pinheiro (Noroeste), Cataguases (Mata), Perdões (Sul), Teófilo Otoni (Mucuri), Araçuaí (Jequitinhonha), Grão Mogol (Norte), Uberaba e Patrocínio (Triângulo) e Serro (Jequitinhonha).

A novidade para este ano, segundo o coordenado municipal de Cultura, Sil Viana, é que, além do ICMS Cultural, outros temas serão abordados durante os encontros, como por exemplo, o projeto “Violas: o fazer e o tocar em Minas”, que consiste na realização de estudos para o reconhecimento das violas como patrimônio cultural de natureza imaterial do estado e a proteção de núcleos históricos.

“A preservação do patrimônio resulta, por meio desse mecanismo, em grande benefício para as cidades mineiras. O ICMS Cultural fortalece o orçamento do município, assegurando-lhe investimentos financeiros em realizações significativas para as comunidades. Proteger o patrimônio é, assim, garantir mais verba pública, além de organizar o espaço urbano e proteger a memória e identidade dos cidadãos”, afirma a presidente do Instituto, Michele Arroyo.

 

 

 

Related posts

Todos os Direitos Reservados à Prefeitura de Januária-MG.
Desenvolvido e Hospedado por: